A Microsoft anunciou ontem uma decisão um pouco radical mas talvez já esperada por alguns. A empresa decidiu fechar permanentemente todas as suas lojas físicas.


Esta notícia deixa a todos um pouco surpreendidos, mas vem no seguimento da quarentena que obrigou à paragem e encerramento de várias lojas em todo o mundo.







Microsoft vai fechar as suas as suas lojas físicas


De acordo com um comunicado emitido pela empresa de Redmond nesta sexta-feira, todas as lojas físicas da Microsoft Store vão ser permanentemente encerradas.



A Microsoft vai tentar uma nova abordagem de vendas, colocando as equipas a exercer funções através do regime de vendas online. O objetivo é que os serviços possam também ser prestados remotamente, como a oferta de suporte e tutoriais em vídeo.



Após este anúncio, as ações da Microsoft mantiveram-se estáveis, não havendo alterações significativas. Isto pode significar que os investidores confiam nesta tomada de decisão da empresa.


De acordo com David Porter, vice-presidente corporativo da Microsoft:



As nossas vendas online crescerem à medida que o nosso portefólio de produtos evoluiu para ofertas amplamente digitais, e a nossa talentosa equipa obteve sucesso em atender clientes para além de qualquer local físico.



Agradecemos aos clientes da Microsoft Store e esperamos continuar a atendê-los online e com a nossa equipa de vendas de retalho nas instalações corporativas da Microsoft.







Esta decisão prende-se com as consequências provocadas pela pandemia da COVID-19, que obrigou ao fecho e encerramento de vários estabelecimentos comerciais. A Microsoft, assim como praticamente todas as empresas do Mundo, viraram-se para o online quando a quarentena começou e muitas obtiveram resultados bem animadores.



Vendas online tornaram-se numa experiência mais completa

Segundo a empresa de Redmond, a experiência da compra online acabou por se tornar mais completa e forte. Através deste regime, a empresa foi capaz de oferecer um melhor atendimento ao cliente do que na loja física.



Através da competente equipa que a Microsoft tem, que consegue dialogar em mais de 120 idiomas, o processo de migração para o digital ficou mais facilitado. Assim, a multinacional teve a tarefa facilitada, uma vez que a comunicação é um dos pontos chave para a concretização de vendas e serviços.



Para já ainda não há informações sobre quando este encerramento irá acontecer.





PP