A introdução no inicio de março das novas matrículas com quatro letras e dois números virou moda com vários condutores a adquirir novas placas com design mais moderno. Porém, segundo o Jornal de Notícias, nem todas cumprem os requisitos legais.

O alerta para os problemas relacionados com o não cumprimento por estas matrículas das medidas e o espaçamento entre carateres já foi feito pela Guarda Nacional Republicana (GNR) e, segundo o mesmo jornal, podem mesmo levar ao chumbo na inspeção e a multas entre os 120 e os 600 euros.

O mesmo jornal relembra ainda que o Decreto-Lei que veio permitir que os proprietários dos veículos mais antigos pudessem substituir as matrículas estabelece regras para tal: "a disposição dos grupos deve ser centrada vertical e horizontalmente e o espaçamento entre os carateres está definida ao milímetro - de 20mm entre grupos, sem traços separadores, e de 10mm entre carateres do mesmo grupo".


IN:CM