A dificuldade de mineração aumenta 11,3%, enquanto os mineiros vendem mais em meio à estagnação do par BTC/USD abaixo de $ 11.000

A dificuldade de mineração aumentou 11,3% atingindo 19,31 T, a maior de todos os tempos, já que os mineradores continuaram a vender mais Bitcoins do que cunharam.

A dificuldade, dos mineradores, em cunhar um bloco de transações aumentou 11,3%, para trazer a métrica de dificuldade para perto de 20% desde o halving do Bitcoin em maio.

No domingo, a dificuldade de mineração atingiu um novo recorde de 19,14T, o maior desde que as recompensas do bloco foram reduzidas pela metade, de 12,5 bitcoins para 6,25 bitcoins por bloco. No entanto, o reajuste de 11,3% marca apenas a terceira vez, em quase dois anos, que a rede Bitcoin está tendo um ajuste positivo tão grande no Índice de Dificuldade.

A dificuldade de mineração do Bitcoin atingiu um novo recorde em 20 de setembro. Fonte: Blockchain.com

Um sinal, de que a integridade da rede está crescendo, também é evidenciado por outra métrica on-chain: a taxa de hash, ou o poder computacional total, que os mineradores têm colocado na rede.

O sell-off continua

O aumento na taxa de hash da rede e as dificuldades de mineração, juntamente com um aumento significativo no preço do Bitcoin, ajudaram a enfraquecer a conversa sobre a capitulação dos mineradores, especialmente após a redução das recompensas.

No entanto, os mineradores que parecem explicitamente mais otimistas do que nunca, mantendo mais e aumentando o poder de computação investido na rede, estão aparentemente vendendo mais do que mineram.

O preço do Bitcoin, que cai de picos em torno de $ 12.500 para mínimos de $ 10.000, e as dificuldades de ultrapassar $ 11.000, também parecem forçar alguns mineradores a vender o que cunham e o que possuem.

Os dados on-chain da ByteTree apoiam a análise acima, mostrando que os mineradores venderam 189 bitcoins a mais em cada uma das últimas 12 semanas. Esse número de vendas saltou para 275 bitcoins em cada uma das últimas 5 semanas, enquanto o estoque foi reduzido em 113 na semana passada.

Nas últimas 24 horas, os mineradores venderam 705 mais bitcoins do que os cunhados, ou 75% acima da geração.

Uma captura de tela mostrando bitcoins cunhados e vendidos nos últimos três meses. Fonte: ByteTree

Parece que os mineradores, simplesmente, não planejam manter o melhor preço do par BTC/USD, mas venderão no curto prazo para cobrir as despesas de mineração e, possivelmente, investir em plataformas de mineração melhores para permanecer no negócio.

De acordo com Ki Young Ju, o CEO da Crypto Quant, a liquidação não foi em quantidades grandes o suficiente para anular a expectativa de alta do Bitcoin. No entanto, fornece pressão de venda contínua que está impactando significativamente o movimento acima de $ 10.000.