1. #1
    Avatar de billshcot
    Registo
    Nov 2010
    Posts
    14.892

    Padrão Comente este acidente ( real ) e diga-nos o seu parecer sobre o mesmo …

    Croqui do acidente -» Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         Acidente em Rotunda.jpg
Visualizações:	78
Tamanho: 	78,3 KB
ID:      	160245

    Nesta rotunda, mas não só, este tipo de acidente, aqui detalhado no cróqui, é um dos que mais ocorre … e também é daqueles que as seguradoras “ mais gostam “ .

    Acidente ocorrido na Rotunda da Força Aérea , com dois veículos oriundos de uma mesma via .

    O veículo verde ( B ) vinha da Avenida de Olivença e na Rotunda da Força Aérea, tomando a via interior para sair na Avenida D. João II e, já o veículo vermelho ( A ) procedia também da Avenida de Olivença e tomou a via de fora para sair na Estrada do Penas .
    Já exactamente no ponto de convergência da Rotunda da Força Aérea com a Avenida D.João II , o veículo verde ( B ) abalroou com alguma intensidade , por assim dizer, a lateral traseira do veículo vermelho ( A ) . Do embate resultaram alguns danos materiais consideráveis, já que as velocidades não eram as recomendadas para a circulação na rotunda .
    De imediato , e mesmo que se conheça bem o local, fica-se com a ideia de quem foi a culpa do acidente , mas após análise mais atenta constatamos que afinal não é o que possa parecer .

    Para que este tipo de acidentes não ocorra :

    Espere sempre o inesperado
    Mantenha uma velocidade moderada
    Faça uma recolha precisa dos dados - via e veículos
    Antecipe as acções dos outros condutores
    Evite distracções e fique atento
    Não faça suposições sobre as intenções dos outros condutores
    Cumpra o Código da Estrada

  2. #2
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    48
    Posts
    25.902

    Para mim é o veículo A pois deveria circular na faixa mais à esquerda até surgir a sua saída.
    Última edição por benfas69; 04-10-2020 às 13:29.
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  3. #3
    Avatar de hermes2019
    Registo
    Dec 2019
    Posts
    1.317
    Claro que a culpa é do veiculo A, ao tomar a via mais à direita deveria ter saido na primeira estrada à direita o que não aconteceu, logo será o culpado uma vez que o veiculo B que pretendia sair na segunda saída à direita tomou a faixa central como deve ser feito, tendo depois assinalado devidamente através do pisca que iria sair para a Av. d. joão II.

  4. #4

    Registo
    Oct 2006
    Idade
    53
    Posts
    622
    Tenho uma ideia muito fixa desta situação em concreto, pois passo-a diariamente.
    Posso nem concordar, mas o A será dado como culpado.
    Gostaria de saber o parecer das seguradoras.
    Deixo uma questão:
    Se o A vier a pouca velocidade, e pela direita para não atrapalhar os outros da esquerda ou não lhe for possível entrar na rotunda ja na faixa da esquerda, como deveria preceder?

  5. #5
    Avatar de Dom @ntonius
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    62
    Posts
    337
    Culpado A. Tinha de estar na retaguarda do B e não tentar ultrapassar na rotunda. Mas será que o B ligou o pisca para a direita? Se não ligou
    o A poderia pensar que o B contornava a rotunda...mas mesmo assim ultrapassar na rotunda é infracção grave.

  6. #6

    Registo
    Aug 2009
    Posts
    8
    Na minha opinião ambos são culpados.
    O veiculo A é culpado na teoria porque não deve fazer a rotunda por fora.
    Na prática o veiculo B é que é o culpado porque bate do meio para trás do veiculo A, como se tal não bastasse ainda tem a agravante de bater aquando da execução de uma mudança de faixa.
    Se houvesse civismo e cuidado o veiculo A não circularia na faixa de fora (deixo aqui apenas uma ressalva que por vezes com a quantidade de transito existente, desconhecimento do local «imaginem que o veiculo A é de fora de Lisboa» nem sempre é fácil à última da hora mudar de faixa ou quem permita mudar de faixa) e o veiculo B poderia também esperar uma melhor oportunidade para mudar de faixa.
    Para mim havia forma de modificar as rotundas de maneira a evitar a circulação total por fora. Há 3 tipos de pessoas a fazer isto: os que desconhecem o local, os chamados "chicos-espertos" e os mais velhinhos que fora de Lisboa é às carradas.

  7. #7
    Avatar de billshcot
    Registo
    Nov 2010
    Posts
    14.892
    A resolução do acidente depois de analisada pelas 2 seguradoras e consequentes peritagens atribuiu o chamado 50% - 50% , logo com responsabilidades divididas .

    Vejamos as bases desta decisão :

    Quando existe mais de uma via de trânsito , a norma de circulação passa pela pluralidade de vias de trânsito , o que equivale a dizer que podem haver veículos a circular paralelamente !
    Se atentar-mos na entrada da Rotunda de ambos os veículos e no destino de cada um, claramente percebe-se que praticaram uma infracção ao abrigo do CE , no que à Circulação nas Rotundas diz respeito .
    No entanto e baseado na pluralidade das vias de circulação, há que haver consciência que numa Rotunda , com mais de uma via, seja ela qual for , que qualquer veículo que esteja na via da direita tem o direito de passagem mesmo que esteja a cometer uma infracção por não sair na saída que deveria face ao CE .
    Assim , e face à Tabela Prática de Responsabilidades , que continua sem actualização , mas que mesmo assim faz Lei , a responsabilidade dos intervenientes neste acidente foi e bem, de ½ - ½ , logo dispensando a intervenção directa , das seguradoras, nas respectivas reparações, nos veículos acidentados .


Tópicos Similares

  1. Respostas: 8
    Último Post: 27-09-2020, 06:52
  2. Este é o alimento mais cancerígeno do mundo. Diga não
    Por Lordelo no fórum Notícias, Informações e Curiosidades
    Respostas: 0
    Último Post: 21-10-2019, 11:01
  3. Respostas: 0
    Último Post: 05-09-2018, 10:57

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar