Uma criança foi abandonada em Sete Rios, Lisboa, depois de o carro onde estava sozinha ter sido furtado em Montemor-o-Novo, a cerca de 100 quilómetros de distância. O rapaz, de sete anos, foi entregue, sem problemas de saúde, à PSP que, entretanto conseguiu localizar o autor do roubo e o deteve por voltas das 23 horas de quinta-feira.


Segundo o JN apurou, a criança estava, pelas 19 horas, no interior da viatura da família, estacionada numa rua do centro da cidade de Montemor-o-Novo. O rapaz aguardava a chegada da mãe, que tinha acabado de deixar o carro, com o motor em funcionamento, parado em frente à porta do restaurante, ao qual se deslocou para recolher o que seria o jantar da família.

No entanto, nesse pequeno período, um homem entrou no carro e arrancou, provavelmente, sem se aperceber da presença do menor.

O ladrão seguiu em direção a Lisboa, percorreu cerca de uma centena de quilómetros na companhia do menor e, já na capital, abandonou a criança. Fê-lo na zona de Sete Rios, junto a um restaurante, cujos responsáveis acolheram, pouco depois, a vítima e alertaram as autoridades para o que tinha acabado de acontecer.

A PSP deslocou-se, de imediato, ao local e tomou conta da criança que, apesar de assustada, estava sem problemas de saúde. Os pais do menor, informados do seu paradeiro, foram a Lisboa buscar o mais novo dos dois filhos.

Conhecedora da identidade do autor do furto, a PSP tenta descobrir o local onde este se terá refugiado, tendo já recuperado o carro. Também a Polícia Judiciária está envolvida nas diligências, uma vez que o caso está a ser encarado, para além de furto, como um crime de sequestro.


IN:JN