Um homem morreu de ataque cardíaco enquanto enterrava, no quintal de casa, o corpo de uma mulher que tinha estrangulado, disseram forças policiais da Carolina do Sul, segundo o Insider.

No dia 7 de maio, autoridades locais foram chamadas a uma propriedade em Trenton, na Carolina do Sul, EUA, depois de surgirem relatos de que "um homem estava deitado inconsciente no quintal de casa".

Ao chegarem, encontraram o corpo de Joseph McKinnon, 60 anos, que parecia ter morrido de causas naturais. Ao lado estava um outro corpo, desta vez numa cova, embrulhado num saco plástico.

O corpo foi identificado como Patricia Dent, 65 anos, que morava com McKinnon na casa, disseram as autoridades.

Segundo comunicado da polícia, os resultados da autópsia, divulgados esta segunda-feira, revelaram que McKinnon morreu de ataque cardíaco fulminante, enquanto Dent morreu por estrangulamento.

"Evidências recolhidas no local, juntamente com declarações de testemunhas, ajudaram-nos a construir uma linha cronológica, levando-nos a acreditar que McKinnon atacou Dent enquanto estava dentro de casa", disse o xerife, segundo o WJBF.

"McKinnon amarrou-a e envolveu-a em sacos do lixo antes de a colocar na cova do quintal. Enquanto cobria o buraco, o homem sofreu uma paragem cardíaca que causou a sua morte", concluiu.


IN:CM