França : ‘Liberdade’ alvo de vandalismo

billshcot

Banido
Entrou
Nov 10, 2010
Mensagens
16,633
Gostos Recebidos
157
A obra ‘Liberdade Guiando o Povo’, do pintor francês Eugène Delacroix (1798-1863), que está exposta no Museu do Louvre, foi vandalizada na quinta-feira por uma visitante. A mulher terá escrito ‘AE911’ com marcador preto no canto inferior direito do quadro que evoca os ideais da Revolução Francesa, e que foi pintado no outono de 1830.

O caso foi detetado e a circulação na zona imediatamente interrompida por um vigilante do edifício. A direção do museu afirma que as motivações por detrás deste ato estão ainda por apurar. O quadro do pintor romântico foi entretanto cuidadosamente analisado por uma perita em conservação e, em menos de 24 horas, a obra estava restaurada.

Nos últimos dois anos foram vários os ícones artísticos vandalizados. Entre eles, as ‘Duas Tahitianas’ do também francês Gauguin (1848-1903). Em abril de 2011, a famosa tela foi arrancada da parede da National Gallery of Art de Washington, nos EUA, por uma mulher que a danificou com as unhas.

Também ‘O Pensador’, a escultura de Auguste Rodin (1840-1917), foi grafitada em setembro de 2011. Por baixo da estátua, que está na Argentina, um grupo de vândalos deixou uma mensagem em jeito de profecia: "Pensa: de que te serviu tanto pensar antes de tudo terminar. 2012".

Já em 2012, a tela satírica de Brett Murray (53 anos) que ilustra o presidente sul-africano Jacob Zuma com os genitais à vista foi ‘atacada’ por uma dupla que espalhou tinta vermelha e preta na obra.

cm
 
Topo