• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.
Odisseias

Líderes europeus desfilam em Kiev e bomba mata três no Leste da Ucrânia

kokas

GF Ouro
Entrou
Set 27, 2006
Mensagens
40,723
Gostos Recebidos
2
ng3976380.jpg



Manifestações assinalaram primeiro ano dos acontecimentos de 21 e 22 de fevereiro de 2014, na origem da queda de Viktor Ianukovich.
Ao mesmo tempo que milhares de pessoas e vários dirigentes europeus acompanhavam em Kiev o presidente Petro Porochenko na "Marcha da Dignidade", que assinalou o primeiro aniversário da revolta contra o governo pró-russo de Viktor Ianukovich, uma bomba explodia numa cidade do Leste da Ucrânia, em Kharkiv, matando três pessoas e ferindo outras dez. As vítimas participavam numa das centenas de manifestações verificadas por quase todo o país para recordar o movimento de contestação centrado na Praça da Independência, em que há um a ano, entre os dias 20 e 22, perderam a vida cerca de cem pessoas, muitas vítimas de disparos de atiradores furtivos.



Com a queda de Ianukovich, Moscovo desencadeou uma operação militar na Crimeia, que culminou na anexação pela Federação Russa, e surgiram os movimentos separatistas no Leste da Ucrânia, onde se combate há mais de nove meses. No conflito já morreram mais de 5500 pessoas.



dn



 
Topo