PJ investiga caso de homem que morreu após ter sido visto a falar com PSP

kokas

GF Ouro
Entrou
Set 27, 2006
Mensagens
40,723
Gostos Recebidos
3
ng3984780.jpg

Imagens da vítima foram captadas por câmara na estação de comboios de Setúbal

Nuno Jorge Pires foi filmado por câmara de videovigilância a falar com dois agentes da Brigada de Intervenção Rápida. Vítima terá morrido de uma pancada na cabeça.
A Polícia Judiciária está a investigar as circunstâncias em que ocorreu a morte de Nuno Jorge Pires, vítima de uma alegada agressão, com forte pancada na cabeça, junto à estação de comboios de Setúbal, próximo da Praça do Brasil, na madrugada de 19 de fevereiro. Segundo apurou o DN, o homem foi visto momentos antes a conversar com dois agentes da PSP - Brigada de Intervenção Rápida - tendo o encontro sido filmado por uma câmara de videovigilância.



Fonte policial garante ao DN que as imagens ainda terão que ser visualizadas para se apurar quem eram os dois agentes que estavam a conversar com Nuno Pires, na casa dos 30 anos. Já ferido, ainda terá tentado telefonar para a namorada, tendo procurado chegar a casa, mas viria a ser encontrado já em estado de coma quando foi assistido pelo INEM.

A PSP revela que o vídeo disponível não indicia a existência de qualquer tipo de violência na zona da estação, nem há registo de ter havido alguma intervenção policial nessa noite "junto à estação de comboios ou nas suas imediações".
Todavia, ressalva, em comunicado: "Com ligação à PSP ou se ela, naturalmente que lamentamos a morte do rapaz".
"Nesta fase só podemos dizer que temos conhecimento de que está a haver uma investigação da PJ e estamos do lado dessa investigação com a qual vamos colaborar. Até porque o caso ocorreu na nossa área de responsabilidade e queremos perceber de que forma foi", acrescenta a PSP.



dn


 
Topo