Página 84 de 92 Primeiro ... 347483 84 85 ... Último
  1. #1246
    Avatar de mirror
    Registo
    Mar 2007
    Idade
    58
    Posts
    23.549

    Padrão Armindo Araújo: “Temos oito provas pela frente e vamos trabalhar

    Armindo Araújo: “Temos oito provas pela frente e vamos trabalhar para conseguir bons resultados”

    Quando tudo parecia encaminhado para a conquista de um resultado dentro dos
    objetivos traçados à partida, o top 10, Armindo Araújo foi obrigado a abandonar o Rali da Argentina a três especiais do fim, numa altura em que faltavam disputar pouco mais vinte quilómetros cronometrados para chegar ao pódio final instalado em Villa Carlos Paz. A quebra de um braço da direção do MINI John Cooper Works foi o motivo da desistência do piloto português.



    Ao contrário do que tudo fazia prever, Armindo Araújo não conseguiu segurar no último dia a nona posição da geral, que ocupava na altura do abandono, e quase com a meta à vista viu esfumar-se a possibilidade de voltar a pontuar no Campeonato do Mundo de Ralis e na sua estreia na prova sul-americana.

    “Tivemos alguns problemas nos dias anteriores mas fomos conseguindo ultrapassar as dificuldades e manter viva a hipótese de cumprir com os objetivos que traçamos à partida. A meio da antepenúltima especial, e com a nona posição da geral mais que segura, o braço da direção partiu-se e só nos restou encostar. Depois de todo o esforço que efetuamos durante quase 500 quilómetros é frustrante não conseguir terminar a prova” afirmou o piloto de Santo Tirso.

    Numa prova marcada pela dureza das especiais e da sua extensa quilometragem, Armindo Araújo e Miguel Ramalho resistiram a quase todas as dificuldades mas, ao contrário de alguns dos seus adversários, este problema surgiu numa fase em que nada havia a fazer para mudar o rumo final dos acontecimentos.

    “Ter problemas no derradeiro dia é sempre o pior dos cenários para as equipas e desta vez fomos nós os azarados. É a segunda prova consecutiva em que não somos felizes mas temos que levantar a cabeça e pensar no que ainda resta do campeonato. Perdemos mais uma boa oportunidade para pontuar mas até ao final do ano temos oito provas pela frente e vamos trabalhar para conseguir bons resultados”, disse ainda Armindo Araújo

    Autosport

  2. #1247
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    Brasil e África do Sul perto de entrar na competição
    Rali de Portugal mantém-se no calendário do WRC

    O Rali de Portugal deverá manter-se no WRC em 2013, num calendário que deverá contemplar as provas do Brasil e África do Sul



    Há muito se fala nessa hipótese, e ao que parece, a Comissão de Ralis da FIA vai votar na próxima semana o calendário de 2013 do Mundial de Ralis que deverá incluir o Brasil e África do Sul, por troca com a Grécia e a Nova Zelândia, ficando pendente a confirmação das duas novas provas, caso tudo corra dentro da normalidade nos dois eventos candidatos ao WRC que se prevê realizarem-se ainda este ano.

    Há vontade de voltar a levar o WRC para África mas a prova da sul africana parece estar a marcar passo, ao contrário do Brasil, onde existem três possíveis localizações para o evento, restando aos organizadores decidirem-se pela sua localização, Curitiba, São Paulo ou Rio de Janeiro. Provavelmente a prova brasileira realizar-se-ia duas semanas antes do Rali da Argentina. No continente americano permanece ainda o Rali do México.

    As restantes provas do calendário são o Monte Carlo, Suécia, Portugal, Catalunha, França, Finlândia, Alemanha e Grã-Bretanha, existindo dúvidas relativas à prova italiana. Como Pedro de Almeida, diretor do Rali de Portugal já revelou em entrevista a Autosport, a partir de 2015 será mais difícil ao Rali de Portugal manter a sua prova no calendário, pois existe vontade da FIA em diminuir o número de eventos europeus, trocando-os por provas na Índia, Rússia e as já referidas na África do Sul e Brasil, que certamente entrarão antes disso.



    in: autosport
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  3. #1248
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    "Rali para quem A.M.A." realizou-se 3ª feira



    Decorreu no passado dia 01 de Maio, no Kartodromo de Viana, uma iniciativa de solidariedade a favor da AMA Associação de Amigos do Autismo, organizada por Sheilla’s Amigos do Rali onde, através da aquisição do ingresso, os participantes puderam participar em corridas de kart e co-drive nos carros de rali, na pista do recinto. Para quem pretendia apenas assistir, a sua contribuição era de 2 euros.

    Este evento começou logo de manhã com a exposição no centro de Viana de Castelo dos carros de rali dos diversos participantes do norte do país e Espanha, que seguiram posteriormente em caravana até ao Kartodromo, na Amorosa, onde estavam previstas diversas corridas de kart mas, devido ao meu tempo, tiveram que ser adiadas para a tarde.

    Depois do almoço, que estava também incluído no ingresso, e aproveitando as melhores condições metereológicas, a programação do dia foi rapidamente reoroganizada pela organização Sheilla’s e a partir das 15 horas o kartodromo fervilhou de actividade quase até ao anoitecer, intercalando as divertidas mangas de karting entre os participantes, as alucinantes passagens e manobras do Team Crosscar Race, do Team Baia, e as experiências intensas e baptismos nos carros de rali, cujos pilotos se empenharam em transmitir as verdadeiras emoções de correr num carro de rali, conforme se constatava nas expressões das caras de quem acabava de dar as suas voltas na pista.

    O balanço foi muito positivo, e os Sheilla’s fizeram questão de agradecer “a toda a gente que se inscreveu para todos juntos podermos ter um dia diferente, ao Kartródomo de Viana e a todos os patrocinadores, apoiantes e ao público em geral. De nossa parte faço um balanço positivo e espero que da parte de todos os presentes também assim o entendem, e espero também que todos juntos possamos fazer alguém sorrir, como vi hoje muitas crianças a sorrir. Pois elas são a alegria de todos nós”, ficando em aberto a possibilidade de novos eventos semelhantes, face à receptividade e entusiasmo desta primeira iniciativa.



    in: sportmotores
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  4. #1249
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    CRRN: Mota vence em Santo Tirso


    Luis Mota e Alexandre Ramos não tiveram dificuldades em impôr o Mitsubishi Lancer Evo VII frente à reduzida concorrência do Regional no Rali Santo Thyrso Convida.

    O piloto da Moita só venceu os troços quase todos, com a excepção a ser a super-especial nocturna em que Mota viu uma chuvada cair na parte final e tornar o piso de paralelo extremamente escorregadio.

    António Oliveira conseguiu levar a melhor na luta travada com Celso Moura, tendo este ultimo fechado o pódio na frente de António Dias que estreou o BMW 325 Compact.

    Referência para estreia de Ni Rodrigues e Laura Natividade que depois de um 4º tempo na super-especial tiveram um rali bastante atribulado e não escaparam ao derradeiro lugar do Regional.

    No rali extra-campeonato, Ricardo Costa não deu hipótese no recém adquirido Peugeot 206 S1600, sendo apenas batido por Paulo Alves no Peugeot 306 GTI na super-especial de 6ª feira. Alves foi 2º e João Sousa a estrear o Peugeot 306 Maxi foi o 3º Margarida Barbosa com um Citroen C2 conseguiu um excelente 4º lugar final.

    Classificação final (CRRN):
    1º Luis Mota / Alexandre Ramos - Mitsubishi Lancer Evo VII - 25m28,1s
    2º António Oliveira / Rui Raimundo - Peugeot 205 GTI - a 1m39,3s
    3º Celso Moura / Ludgero Leal - Peugeot 205 Rallye - a 1m50,2s
    4º António Dias / Daniel Pereira - BMW 325 - a 1m56,2s
    5º Paulo Gomes / Marco Macedo - Peugeot 306 S16 - a 2m30,4s
    6º Julio Bastos / Aníbal Pereira - BMW E30 - a 3m00,5s
    7º Jorge Melo / José Henrique - BMW 325 - a 3m39,0s
    8º Daniela Rodrigues / Laura Natividade - Citroen Saxo - a 5m29,6s



    in: sportmotores
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  5. #1250
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    IRC: Rali da Córsega em risco de anulação

    O Rali da Córsega, que vai para a estrada dentro de dois dias, corre o risco de ser cancelado. Uma decisão difícil mas encarada como plausível pelos organizadores corsos se se mantiver a greve dos navios que fazem a ligação marítima à ilha.



    Apesar das equipas já se encontrarem em Ajaccio, o problema é fazer chegar àquela cidade o combustível a ser utilizado pelos concorrentes. Na ilha não existe o combustível especial necessário e apenas a empresa SNCM, afetada pela greve dos marinheiros, está habilitada a transportar mercadorias explosivas e combustíveis naquela rota. Uma decisão será tomada até amanhã à noite.


    in: Autosport
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  6. #1251
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    Skoda Fabia S2000 de Jean-Dominique Mattei ardeu

    O Skoda Fabia S2000 de Jean-Dominique Mattei e Patrick Scipilitti ardeu por completo perto do final da oitava especial do Rali da Córsega, numa situação sempre desagradável, pois nada se salva numa situação destas. Felizmente, nada se passou com a dupla francesa, que saiu incólume antes do fogo ser demasiado.



    in: autosport
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  7. #1252
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    IRC - Rali da Córsega
    Dani Sordo cada vez mais isolado na frente

    Tendo visto alguns dos seus principais adversários atrasarem-se ou abandonarem, Dani Sordo (MINI S2000) está cada vez mais isolado na frente do Rali da Córsega, com o piloto espanhol a vencer mais dois troços esta tarde e a dispor agora de 29,2 segundos de vantagem sobre Jan Kopecký.



    A maior luta, aliás, está na definição dos restantes lugares do pódio, com o piloto do Skoda Fabia S2000 a ter Pierre Campana (Peugeot 207 S2000) cada vez mais próximo de si.

    Com efeito, a diferença entre os dois é de apenas 0,2 segundos, embora Bryan Bouffier, noutro carro da marca gaulesa, não se encontre igualmente muito longe do lugar mais baixo do pódio. Bouffier está apenas a 6,5 segundos de Campana, prevendo-se uma grande batalha pelas posições do pódio até final.

    Mathieu Arzeno, com um Peugeot 207 S2000, está na quinta posição, enquanto Andreas Mikkelsen (Skoda Fabia S2000), que perdeu mais de dois minutos esta manhã depois de um furo, subiu até ao sexto posto, beneficiando igualmente do abandono de Julien Maurin, por despiste.

    1 Sordo Dani / Del Barrio C. 01:43:02.2
    Mini John Cooper Works S2000

    2 Kopecký Jan / Dresler Pavel 00:00:29.2
    Škoda Fabia S2000

    3 Campana Pierre / De Castelli S. 00:00:29.4
    Peugeot 207 S2000

    4 Bouffier Bryan / Panseri Xavier 00:00:35.9
    Peugeot 207 S2000

    5 Arzeno Mathieu / Jamoul Renaud 00:01:02.3
    Peugeot 207 S2000

    6 Mikkelsen A. / Floene Ola 00:02:42.1
    Škoda Fabia S2000

    7 Manzagol J. / Patrone Etienne 00:03:30.6
    Peugeot 207 S2000

    8 Breen Craig / Roberts Gareth 00:03:30.7
    Peugeot 207 S2000

    9 Wiegand Sepp / Gottschalk Timo 00:03:51.7
    Škoda Fabia S2000

    10 Leandri J. / Leonardi P. 00:03:57.5
    Peugeot 207 S2000


    in: autosport
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  8. #1253
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    Rali do Targa/Serra da Freita – Open de Ralis
    Fernando Peres soma e segue

    Fernando Peres (Mitsubishi Lancer Evo VII ) venceu o Rali do Targa/Serra da Freita, quinta prova do Open de Ralis, com o piloto do Porto a obter a quarta vitória na competição dilatando ainda mais a sua vantagem no campeonato.



    A correr em 'casa', Fernando Peres (Mitsubishi Lancer Evo VII ) venceu o Rali do Targa/Serra da Freita, numa prova em que sem forçar demasiado, venceu três dos quatro troços que compunham o evento, só perdendo a derradeira especial para Daniel Nunes (Mitsubishi Lancer Evo VI), segundo classificado, numa altura em que controlava por completo o andamento do seu adversário.

    O piloto da Peres Competições teve alguma oposição inicial por parte de João Barros (Citroen Saxo Kit Car), o único piloto que logrou vencer no Open (Castelo Branco) para além de Fernando Peres, mas foi sempre dilatando a liderança, ficando mais descansado, quando na terceira especial o piloto do Citroen Saxo Kit Car abandonou com problemas mecânicos, numa altura em que estava 'ainda' a 12,7s do líder.

    Quem herdou o segundo lugar foi Daniel Nunes, que manteve sempre atrás de si o terceiro classificado final, Carlos Martins (Mitsubishi Lancer Evo VI), que terminou quase vinte segundos atrás de si. Mário Barbosa (Citroen Saxo Kitcar) foi quarto classificado e o melhor entre os duas rodas motrizes, enquanto Aníbal Rolo (R5 Turbo) venceu os Clássicos.



    in: autosport
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  9. #1254
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    Dani Sordo venceu o Rali da Córsega, aos comandos do seu MINI JCW S2000, capitalizando com os problemas alheios e, depois, terminando a prova sem cometer qualquer erro que pusesse em causa a sua prestação.



    O espanhol havia chegado ao comando na sexta-feira depois de Andreas Mikkelsen ter saído de estrada e desde esse momento nunca mais teve a sua posição em risco, mesmo se Jan Kopecký (Skoda Fabia S2000) e Pierre Campana (Peugeot 207 S2000) nunca baixaram os braços para se chegarem à liderança.

    “Estou bastante satisfeito por vencer este rali. O carro estava mesmo muito bom e temos de trabalhar um pouco mais, mas vencemos este rali e isso é que é importante”, referiu Sordo, no final da competição, ganha com 17,9 segundos de avanço.

    Sem luta pelo comando, o principal ponto de interesse centrou-se na disputa pelo segundo lugar, com Kopecký e Campana a manterem um duelo renhido nos troços finais, tendo mesmo o francês passado pelo segundo lugar. Contudo, um ‘forcing’ final do checo garantiu-lhe o segundo posto, batendo o piloto do 207 por 14,5s.

    Na quarta posição ficou Bryan Bouffier, também com um 207 S2000, ficando logo à frente de Andreas Mikkelsen, que ainda recuperou até quinto depois de ter chegado a ser o oitavo, e de Craig Breen, com outro carro da marca francesa. O top 10 ficou completo com as presenças de Jean Marc Manzagol (Peugeot), Sepp Wiegand (Skoda), Hermann Gassner Jr. (Skoda) e Jean-Mathieu Leandri (Peugeot).

    1 Sordo Dani / Del Barrio C. 03:22:01.6
    Mini John Cooper Works S2000
    2 Kopecký Jan / Dresler Pavel 00:00:17.9
    Škoda Fabia S2000
    3 Campana Pierre / De Castelli S. 00:00:32.4
    Peugeot 207 S2000
    4 Bouffier Bryan / Panseri Xavier 00:00:53.5
    Peugeot 207 S2000
    5 Mikkelsen A. / Floene Ola 00:04:19.0
    Škoda Fabia S2000
    6 Breen Craig / Roberts Gareth 00:05:28.7
    Peugeot 207 S2000
    7 Manzagol J. / Patrone Etienne 00:06:22.1
    Peugeot 207 S2000
    8 Wiegand Sepp / Gottschalk Timo 00:06:54.8
    Škoda Fabia S2000
    9 Gassner H. / Wicha Klaus 00:07:10.2
    Škoda Fabia S2000
    10 Leandri J. / Leonardi P. 00:07:39.9
    Peugeot 207 S2000


    in: autosport
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  10. #1255
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    Calheta: António Nunes vence rali disputadíssimo


    Se havia dúvidas quando à atual competitividade do atual Campeonato de Ralis “Coral”, a edição de 2012 do Rali da Calheta dissipou-as completamente!

    Até à entrada para o último troço ainda não conhecíamos o vencedor da prova organizada pelo Clube Sport’s Madeira, pois António e Miguel Nunes estavam separados por pouco mais de 1 segundo, e foi preciso mesmo esperar pelo seu fim para se descobrir o vencedor. Depois do azar em São Vicente, onde acabou por abandonar após um toque, António Nunes redimiu-se na Calheta e conquistou a sua primeira vitória à geral no campeonato absoluto.


    Um triunfo que apenas se começou a desenhar muito perto da hora de almoço, pois até essa altura foi Miguel Nunes quem puxou pela armada Mitsubishi, dado que foi na última especial do primeiro round que conseguiu recuperar grande parte da desvantagem que detinha para os líderes da prova. Empenhados em assumir o comando da prova, a dupla do Team Tomiauto Total/Cepsa ataca forte logo na reabertura da prova e acaba ganhando os 1,1 segundos que detinha de atraso e recoloca tudo a zeros na frente, relançando assim a luta pelo primeiro lugar até aos últimos quilómetros.

    Miguel Nunes, que até então liderava a prova, vê-se forçado a puxar dos seus “galões” para travar o ritmo fortíssimo imprimido pelo seu irmão mas pouco ou nada pode fazer pois o seu Mitsubishi Lancer Evo X não parecia colaborar, acabando por entregar a vitória ao seu irmãos mais velho. 3,2 segundos foi a diferença entre ambos no final dos 10 troços disputados.


    João Magalhães, que já havia deixado excelentes indicativos em São Vicente, voltou a fazer uma grande prova na Calheta e, se tivesse forçado mais o andamento nas primeiras especiais, teria certamente um palavra a dizer nesta guerra titânica pela vitória. Dos 4 troços disputados à parte da tarde, o antigo campeão do Agrupamento de Produção venceu 3, reduzindo de 10 para quase 5 segundos a sua diferença para as duas equipas que terminaram à sua frente. O terceiro posto alcançado na prova da zona oeste deixam João Magalhães e Jorge Pereira confiantes para a próxima prova.

    Filipe Freitas, que surgiu este fim-de-semana com uma viatura ligeiramente mais competitiva, pois equipou o seu Lancer Evo X com uns novos amortecedores, esteve sempre muito perto dos primeiros e conseguiu até vencer um dos vários troços da prova. Ainda assim esse mesmo facto não lhe impediu de terminar a prova a já quase 18 segundos dos primeiros e a 11,2 do lugar mais baixo do pódio.

    Duarte Ramos fez uma prova exemplar, não cometeu erros e rodou no seu ritmo, sabendo de antemão que conquistar mais que um quinto lugar em condições normais será muito difícil. Os seus adversários estão munidos de evoluções melhores que a sua e como tal muito dificilmente o piloto da Ponta do Solo conseguirá chegar a uma posição mais honrosa. Ainda assim há que dar os parabéns pois Duarte Ramos e Luís Ramos fizeram passagens muito rápidas e isentas de erros, o que só vem demonstrar que a equipa está em constante evolução aos comandos do Mitsubishi Lancer Evo IX.

    No 6º lugar terminou Filipe Pires, o piloto do Citroën C2 voltou a ganhar o “jackpot” no Rali da Calheta, pois venceu o Grupo A, a classe 1600 e o Troféu Eng.º Rafael Costa. Desta feita a missão foi mais difícil, pois encontrou em Isabel Ramos uma adversária duro de “roer” durante toda a prova. O piloto da Pires Competições ainda esteve atrás da campeã feminina em título mas após algum forcing conseguiu abrir um foço que lhe permitiu chegar a mais uma conquista bastante positiva em termos de campeonato. A nota positiva desta prova vai para a piloto do Renault Clio R3, Isabel Ramos, pois foi notório o salto que a mesma deu do Rali de São Vicente para o Rali da Calheta. Segundo a mesma, o acidente sofrido no terminar da época de 2011 acabou por condicionar o andamento na primeira prova, mas quem foi hoje à estrada apercebeu-se certamente do rápido andamento que a campeã em título do troféu feminino imprimiu em diversas especiais, rodando constantemente muito perto dos melhores das duas rodas motrizes. Isabel Ramos e Rubina Gonçalves terminaram a prova a 14,2 segundos de Filipe Pires, uma desvantagem que em São Vicente foi superior a 1 minuto!

    André Silva, que hoje esteve em dia não, acabou por terminar na oitava posição, um resultado que acabou por saber a pouco para o jovem piloto do Citroën C2. Nas primeiras especiais o muito empenho acabou por não se mostrar suficiente para assumir o comando do Troféu Eng.º Rafael Costa, deixando cair por terra todo o alento que o campeão do Campeonato Júnior ainda tinha. Ainda assim, nas especiais mais curtas foi André Silva a marcar o ritmo, como aconteceu nas duas passagens pela especial da Raposeira, o que lhe valeu a conquista do segundo lugar na prova organizada pelo Clube Sport’s Madeira.

    Fecharam o Top 10 Ana Sofia Correia e Bruno Fernandes, a primeira com mais uma prova digna de registo, rodando sempre muito perto dos seus mais diretos adversários, e o segundo a fazer aquilo que lhe compete: terminar logo após os Citroën C2.

    No Campeonato Open foi Francisco Tavares quem comandou as operações, o piloto do Toyota Corolla não deu tréguas a Gabriel Fernandes e só um azar à partida para a segunda secção o fez perder tempo para o piloto do Citroën AX. Ainda assim nas especiais seguintes o “comandante” repôs a ordem dos acontecimentos, não dando quaisquer hipóteses à concorrência. O Campeonato de Ralis “Coral” regressa a 9 de Junho com a realização do Rali de Santa Cruz.


    classificação online ****://www.amaweb.pt/2012/ralidacalheta/


    in: sportmotores
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  11. #1256
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    Freita: Peres pois claro


    A correr na terra que tão bem conhece, Fernando Peres não deu hipóteses no Rali do Targa / Serra da Freita, afirmando-se num triunfo indiscutível.

    Com três triunfos nos troços iniciais, arrecadou 30 segundos de vantagem para Daniel Nunes e ainda viu João Barros desistir na 3ª PE com problema, depois de ter sido o que mais perto rodou de Peres.

    Com o abandono de Barros, Nunes subiu ao 2º posto numa altura em que já estava decidida a ser favor a luta com Carlos Fernandes, e ficavam assim encontrados os nomes dos pilotos que preenchiam o pódio do rali, se Martins não visse uma transmissão partir-se na ligação para o final.

    Assim foi Mário Barbosa a colocar o Citroen no 3º lugar de ter visto André Cabeças desistir com um furo no 3ª troço. Luis Mota conseguiu o 4º lugar final triunfando no Regional Norte. Anibal Rolo venceu nos clássicos.

    Classificação final:
    1º Fernando Peres / José Pedro Silva - Mitsubishi Lancer Evo VII - 35m50,3s
    2º Daniel Nunes / Daniel Amaral - Mitsubishi Lancer Evo VI - a 27,2s
    3º Mário Barbosa / Bruno Gonçalves - Citroen Saxo Kit-Car - a 1m07,3s
    4º Luis Mota / Alexandre Ramos - Mitsubishi Lancer Evo VII - a 1m28,7s
    5º André Nunes / Hugo Magalhães - Peugeot 206 S1600 - a 1m44,0s
    6º Diogo Gago / Jorge Carvalho - Peugeot 206 GTI - a 2m05,4s
    7º Eduardo Veiga / Justino Reis - Ford Escort MKII - a 2m57,9s
    8º Rui Peres / José Costa - Peugeot 206 GTI - a 4m07,1s
    9º Julio Maia / Alexandre Rodrigues - Peugeot 206 S1600 - a 4m26,8s
    10º Anibal Rolo / Luis Cavaleiro - Renault 5 Turbo - a 4m26,9s
    (...)




    in: sportmotores
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  12. #1257
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038

    CRRN: "Rali de Salto Alto" apresentou-se no fim de semana


    Daniela Rodrigues e Laura Natividade estrearam, no Rali Santo Thyrso ConVida, o novo Citröen Saxo com o qual disputarão, esta temporada, o Campeonato Regional de Ralis Norte. A dupla da equipa “Rali de Salto Alto” foi a vencedora da Classe 1 ao terminar a prova na oitava posição da geral.

    Horas depois da estreia com o Citröen Saxo, a dupla Daniela Rodrigues/Laura Natividade realizou, no empreendimento turístico Pedra do Couto em Santo Tirso, a cerimónia de apresentação do projecto para esta temporada.

    Entre patrocinadores, família e amigos, a jovem piloto do Porto não deixou de agradecer o apoio de todos e explicar os objectivos traçados para esta nova etapa da sua carreira. “Depois de ter iniciado a minha carreira com o Seat Marbella senti que chegou a altura de evoluir um pouco mais e a mudança para o Citröen Saxo foi uma boa aposta. Este carro é muito mais exigente e incomparavelmente mais competitivo mas quer eu como a Laura estamos muito entusiasmadas com esta fase. É logico que temos muito para evoluir e vamos trabalhar nesse sentido. Qualquer que seja o resultado alcançado no final do ano, o mais importante é sentirmos que somos uma dupla muito acarinhada e que os ralis precisam de mais equipas femininas. Este ano as provas do Campeonato Regional de Ralis Norte ficarão, sem dúvida, muito mais colorido”, afirmou Daniela Rodrigues.


    in: sportmotores
    todos os dias aprendo algo

    NÃO SE ESQUEÇAM DE SER FELIZES

  13. #1258
    Avatar de mirror
    Registo
    Mar 2007
    Idade
    58
    Posts
    23.549

    Padrão Como se constrói um world Rally Car

    Veja este interessante vídeo do Discovery Channel e fique a saber um pouco melhor os segredos da construção dum WRC. No caso o Ford Fiesta RS WRC, um carro que utiliza a base do Fiesta que se vê no vídeo, e 'cresce' até ao WRC, depois de, entre outros, lhe ser colocado o motor 1.6 turbo, com 4 cilindros, 16 válvulas, 1600 cm3, potência máxima de 300 cv/6000 rpm, binário máximo: 450 N.m/4000 rpm, alimentação por injeção direta (Magneti Marelli). Turbo e restritor: Garrett, 33 mm, suspensões da Reiger, Dianteira/Traseira: McPherson, caixa de velocidades da X-trac, transmissão quatro rodas motrizes, embraiagem de duplo prato (AP Racing), Travões de asfalto: 355 mm (frente), 355 mm (atrás), terra: 300 mm (frente), 300 mm (atrás). Comprimento/Largura: 3963 mm/1820 mm. Distância entre eixos: 2480 mm e peso: 1200 kg.

    Veja o vídeo.




    Autosport

  14. #1259
    Avatar de mirror
    Registo
    Mar 2007
    Idade
    58
    Posts
    23.549

    Padrão Adeptos salvam pilotos num rali na Polónia

    Nos ralis, os espectadores são sempre um elemento essencial. Não só pela presença à beira das estradas, mas também pela possibilidade de ajudarem quando algo corre mal. E foi o que aconteceu na Polónia, no Rali Mazowiecki, quando a dupla de um Renault Clio, composta por Patrick Osowiecki e Maciej Wrona, se despistou e capotou rumo a um pequeno lago.

    Com Osowiecki e Wrona presos dentro do carro francês e submersos pela água, foram os espectadores que saltaram para dentro de água e ajudaram a salvar aquela dupla, tanto mais que nenhum dos responsáveis da prova estava perto para interceder.

    Valeu, assim, a audácia de uma série de espectadores presentes no local.



    Autosport

  15. #1260
    Avatar de mirror
    Registo
    Mar 2007
    Idade
    58
    Posts
    23.549

    Padrão Acidente fatal na Bélgica

    O Rali Sezoensrally, prova do campeonato belga foi interrompida na sequência dum grave acidente que tirou a vida a Roel Vrolix e Stef Winters, dupla que guiava um Mitusbishi Lancer.

    Ao que parece, o carro bateu violentamente numa árvore, e incendiou-se, mas apesar de ter sido possível retirar os seus ocupantes dos destroços, infelizmente acabaram por sucumbir aos graves ferimentos: "O Co-piloto Stef Winters foi resgatado inconsciente mas faleceu na ambulância. Roel Vrolix foi levado de helicóptero em Hasselt, mas morreu a caminho do hospital.", revelou um elemento da organização. O rali foi dado como terminado logo a seguir ao trágico incidente.




    Autosport

Página 84 de 92 Primeiro ... 347483 84 85 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar