• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.
Odisseias

Aprenda a instalar o novo ArchLinux passo a passo

Luisao27

GF Ouro
Entrou
Jun 7, 2017
Mensagens
1,572
Gostos Recebidos
0
O ArchLinux é uma distribuição Linux desenvolvida com o objetivo de ser o mais simples possível, dando ao utilizador o poder de tomar o maior numero de decisões possíveis quanto à sua configuração. No entanto, esta variante do Linux não é a mais indicada para utilizadores menos experientes, isto porque a instalação tradicional requer já alguns conhecimentos do mundo Linux…mas o Pplware dá uma ajuda!
Vamos ensinar como podem instalar o novo ArchLinux 2017.11.01 passo a passo.
ArchLinux-720x340-720x340.png
[h=5]Pré-Requisitos[/h]
Para a elaboração deste tutorial criarmos uma máquina Virtual recorrendo ao VirtualBox com as seguintes configurações:


  • [*=center]Disco: 8 GB (vamos posteriormente dividir em 2 partições)
    [*=center]Memória RAM:2 GB
Usamos também a última versão do Arch Linux disponível à data de elaboração deste tutorial – Arch Linux 2017.11.01.
[h=3]Instalação do ArchLinux[/h]
Para procederem à instalação do ArchLinux devem seguir os seguinte passos:
Passo 1) Depois de fazer boot com o sistema, deverá escolher a opção Boot Arch Linux (x86_64).
arch_01.jpg
Passo 2) Depois de fazer boot e entrem na shell e executem o comando fdisk –l para verem o espaço em disco e esquema de partições (caso existam).
No nosso caso, temos disponível um disco de 8 GB. Para criar as partições necessárias, devem executar o comando cfdisk
arch_02-720x574.jpg
[h=5]Particionamento do sistema[/h]
Passo 3) Para a elaboração deste tutorial, tendo em conta que temos um disco de 8 GB, vamos considerar o seguinte esquema de partições:


  • [*=center]Partição Root: 6 GB
    [*=center]Partição Swap: 2 GB
Para criarem a partição Root, devem escolher>New e Primary. Devem também indicar que essa partição é Bootable.
arch_06-720x579.jpg
No espaço que resta vamos criar a partição swap, carregando também em New, depois escolher extended.
arch_04-720x579.jpg
Em seguida voltamos a carregar em New e no Type escolher a opção 82 Linux swap/Solaris.
arch_07-720x579.jpg
O esquema de partições criado deverá ficar idêntico ao apresentado na seguinte imagem.
arch_03-720x579.jpg
[h=5]Formatar partições[/h]
Passo 4) Vamos agora proceder à formatação das partições root e swap. Para isso basta que usem os seguintes comandos:
mkfs.ext4 /dev/sda1

Para formatar e inicializar a partição swap, basta que executem os seguintes comandos:
mkswap /dev/sda2
swapon /dev/sda2

Vamos agora executar o comando lsblk para verificar se está tudo ok.
arch_08-720x512.jpg
[h=5]Instalação do sistema Base
[/h]
Passo 7) Para iniciar a instalação do sistema, devem executar o seguinte comando. Nota: Durante a instalação, devem escolher as opções por omissão (default=all)
pacstrap -i /mnt base base-devel

arch_09-720x579.jpg
Uma vez finalizado o processo de instalação é hora de criar o nosso ficheiro fstab (File System Table), em /mnt/fstab, e que me permitirá informar o sistema quais as partições a mapear durante o arranque do sistema.
Para isso basta que usem o seguinte comando:
genfstab -U -p /mnt >> /mnt/etc/fstab

[h=5]Configuração base do sistema[/h]
Passo 8) Para configurarmos o Arch Linux é necessário recorremos ao chroot – uma forma de isolar aplicações do resto do sistema. Para isso basta executar o comando:
arch-chroot /mnt

Passo 9) O próximo passo é a instalação do idioma. Para isso basta abrir o ficheiro /etc/locale.gen e remover o comentário dos idiomas que pretendemos instalar.
Depois de escolhidos os idiomas e de termos saído do ficheiro executamos o seguinte comando para instalar os idiomas:
locale-gen

Passo 10) Para definir o idioma para PT devem executar o seguinte comando:
LANG="pt_PT.UTF-8" locale > /etc/locale.conf

Passo 11) Relativamente à definição do esquema do teclado, basta que executem o seguinte comando:
echo "KEYMAP=pt-latin9" > /etc/vconsole.conf

Configuração do Fuso Horário
Passo 12) Para definirmos o nosso fuso horário, basta criar um link simbólico para de /usr/share/zoneinfo/Europe/Lisbon para /etc/localtime
ln -s /usr/share/zoneinfo/Europe/Lisbon /etc/localtime

Criação da imagem modular initramfs
Para a criação do Initramfs, ficheiro que aponta para o Kernel Linux (executar certas tarefas antes de o root filesystem ser montado), basta usar a ferramenta mkinitcpio
mkinitcpio -p linux

arch_10jpg-720x426.jpg
[h=5]Instalação do boot[/h]
Passo 13) O último passo é a instalação do bootloader para podermos escolher qual o sistema a arrancar. Para instalar o bootloader no primeiro disco (/dev/sda) e detectar automaticamente outros sistemas instalados, basta correr os seguintes comandos:
pacman -S grub
grub-install /dev/sda
pacman -S os-prober
grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg

E está feito. Vamos agora sair do ambiente de chroot e desmontar do diretório /mnt/.
umount /mnt

Por fim reiniciamos o sistema
reboot

[h=3]Iniciar Sistema[/h]
Para arrancarem o sistema, basta que escolham Arch Linux OS
arch_11.jpg
Para entrarem no sistema apenas o utilizador root está disponível. Como não definimos password durante o processo de configuração, basta indicar o username. Depois de entrarem no sistema podem de imediato definir uma password para o utilizador root usando o comando passwd.
arch_12-720x185.jpg
Difícil? Um pouco… mas é mais pela quantidade de comandos que temos de usar para proceder à instalação, algo que já não se faz em outras distribuições Linux cujo o assistente de instalação dá uma ajuda preciosa. Alguma dúvida ou questão não hesitem em nos perguntar. Deixamos também aqui o guia de instalação oficial.



logopplware.png

 
Topo