• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.
Odisseias

Bancos à beira do colapso total

R

RoterTeufel

Visitante
Grécia: Governador do Banco Central alerta presidente
Bancos à beira do colapso total


O Banco Central da Grécia alertou o presidente Karolos Papoulias para a gravidade da situação da banca do país e pediu-lhe uma intervenção para travar os levantamentos. De facto, em apenas dois dias, a corrida aos bancos cifrou-se no levantamento de cerca de 1,6 mil milhões de euros de depósitos.

O detonador deste fenómeno, que ameaça descapitalizar os bancos gregos, é o medo de que a cada vez mais provável saída da Grécia da Zona Euro desvalorize as poupanças das famílias.

Mas há igualmente empresas a levantar milhões em fundos e a investir na compra de títulos de dívida alemã, considerados investimento seguro.

Segundo números oficiais, em 2011 a fuga de capitais saldou-se em 35,400 milhões de euros, e não pára de acelerar. De facto, a média mensal era de três mil milhões, mas, como provam os primeiros dias desta semana, a situação está a atingir patamares insustentáveis. George Provopulos, governador do Banco Central, alertou o presidente para a necessidade de impor limites aos levantamentos.

O pânico dos gregos foi acentuado pelo fracasso de nove dias de negociações para formação de governo e pelas ameaças da União Europeia de congelar a ajuda ao país e expulsá-lo da Zona Euro. Papoulias marcou, entretanto, novas eleições, para dia 17 de Junho. Para gerir os assuntos correntes até ao novo escrutínio, nomeou um primeiro--ministro interino, tendo a escolhas recaído sobre o juiz Panagiotis Pikrammenos.


C. da Manha
 
Topo