• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

Barco movido a energia solar patrulhará barreira de corais australiana

Satpa

GF Ouro
Membro Inactivo
Entrou
Set 24, 2006
Mensagens
9,473
Gostos Recebidos
1
Barco movido a energia solar patrulhará barreira de corais australiana

acores02.jpg


A Grande Barreira de Corais australiana, um dos patrimónios ambientais mais importantes do mundo, está prestes a receber um reforço importante para o patrulhamento: o Catamaran Patrol Vessel, um navio movido a energia solar.

A empresa responsável pelo projeto é a Incat Crowther, juntamente com os Consultores de Engenharia Marinha (MEC, na sigla em inglês), e o objetivo é ter um navio que possa patrulhar a imensidão de corais, que se espalha por mais de 344 mil quilómetros quadrados, com impactos ambientais reduzidos.

A escolha resultou de um concurso público e o Catamaran saiu vencedor devido às tecnologias aplicadas e à sustentabilidade do projeto. O design é versátil e os custos são competitivos, inclusive com modelos tradicionais, segundo o portal Terra.

A embarcação será coberta por painéis fotovoltaicos e todo o excedente da energia acumulada durante o dia será armazenado em baterias de íon-lítio para que todas as funções continuem a operar normalmente durante a noite. Esta opção permite que os geradores a diesel permaneçam desligados, trabalhando somente em casos de extrema necessidade.

A tecnologia aplicada ao navio deverá reduzir drasticamente os custos de funcionamento e manutenção, reforçando os benefícios do investimento na opção sustentável.

Além disso, o Catamaran mantém todas as opções que uma embarcação deste porte normalmente oferece, como quartos, escritório, cozinha, lavandaria e muito espaço para o armazenamento de materiais e alimentos.

Os motores usados serão dois 6AYM-WGT Yanmar, que produzirão 670 kW cada um. Dessa forma, a embarcação alcançará velocidades de até 25 nós, podendo funcionar como um cruzeiro otimizado que navega entre 12 e 20 nós.

A expectativa é de que o Catamaran esteja nas águas australianas já no próximo ano.


Incat-and-MEO-Start-Construction-of-Catamaran-Patrol-Vessel.png

PER / Terra
 
Topo