• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

Reclusos que fugiram à porta do DCIAP ficam em prisão preventiva

florindo

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 11, 2006
Mensagens
38,984
Gostos Recebidos
345
Os dois reclusos fugitivos, que quinta-feira foram detidos pela Polícia judiciária, foram, esta sexta-feira, presentes ao juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal para serem confrontados com os novos factos, continuando em prisão preventiva, disse à Lusa o seu advogado.

Segundo João Leitão, José Carlos Camargo e Rarison Silva, naturais do Brasil, vão continuar em prisão preventiva, o que já acontecia antes da fuga da carrinha celular, em Janeiro, à porta do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), em Lisboa.

O advogado disse à agência Lusa que os dois arguidos já estavam indiciados por tráfico agravado de estupefacientes, ao qual foram agora juntos os crimes de ofensa à integridade física, evasão e coação.

Os arguidos estão detidos na prisão de alta segurança de Monsanto.

Os dois reclusos fugiram, a 18 de Janeiro, de uma carrinha celular que estava estacionada junto do Departamento Central de Investigação e Acção Penal depois de terem atingido um guarda prisional com gás pimenta e terem retirado as algemas.

A fuga dos detidos deu origem à abertura de um inquérito interno, a cargo do Serviço de Auditoria e Inspecção da Direcção-geral dos serviços prisionais, dirigido por um procurador.

Jornal de Notícias
 
Topo