• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

'Solitário' condenado em Espanha a 13 anos de prisão

  • Criador do tópico RoterTeufel
  • Start date
R

RoterTeufel

Visitante
Jaime Giménez Arbe foi detido em Portugal em 2007
'Solitário' condenado em Espanha a 13 anos de prisão


Jaime Giménez Arbe, o ladrão espanhol de bancos condenado em Portugal a sete anos e meio de prisão, após ter sido detido durante o roubo a uma dependência da Caixa de Crédito Agrícola, na Figueira da Foz, foi condenado esta segunda-feira por um tribunal de Zamora, Espanha, a 13 anos de cadeia pelos crimes de roubo, agressão e posse ilegal de armas.
2012-04-09145403_CA967162-B341-4FEB-88DD-FECB0766BF67$$738d42d9-134c-4fbe-a85a-da00e83fdc20$$eefa4f12-4a7a-4734-88ee-757d78f5e508$$img_carrouselTopHomepage$$pt$$1.jpg


Os crimes dizem respeito ao assalto a uma dependência da Caixa Rural de Toro, em Zamora, onde o ‘Solitário’, como também é conhecido, feriu a tiro um funcionário.

O tribunal condenou ainda o arguido a pagar uma indemnização de 39 870 euros ao funcionário baleado numa perna.

O ‘Solitário’ disparou contra o funcionário do banco porque considerou que o dinheiro que este tinha em caixa era insuficiente.

A decisão é recorrível para o Supremo Tribunal de Justiça.

Antes de ser extraditado para Espanha, Jaime Giménez Arbe chegou a estar preso na ala de alta segurança da cadeia de Monsanto, em Lisboa, depois de ter sido detido em Julho de 2007, na Figueira da Foz.

O homem é suspeito de ter praticado dezenas de assaltos a dependências bancárias em Espanha, ao longo de 15 anos. É ainda acusado da morte de dois polícias. A alcunha ‘Solitário’ deriva do facto de actuar sempre sozinho.


C.D.Manha
 
Topo