• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

Starship da SpaceX voltou a explodir, mas o sonho de ir a Marte continua de pé

kok@s

GForum VIP
Entrou
Dez 9, 2019
Mensagens
6,183
Gostos Recebidos
360
Depois da partida ter sido adiada, hoje foi dia de mais um fantástico teste daquela que poderá ser a nave que levará a humanidade até Marte. Depois de alguns minutos, a Starship voltou a explodir. Elon Musk admitiu que a explosão não estava programada, mas que os incidentes ajudariam a obter um resultado muito mais fiável. Esta ainda é uma missão de teste para desenvolver um veículo que voará da Terra até à Lua e até Marte.



Imagem da Starship, a nave da SpaceX que Elon Musk quer levar a Marte








A SpaceX lançou neste sábado a Starship, apontada como a nave mais poderosa do mundo. Após a descolagem, o propulsor do veículo espacial explodiu, e a empresa perdeu contacto com a cápsula.



A explosão do propulsor Super Heavy (parte inferior da nave) aconteceu cerca de três minutos após o lançamento, logo a seguir à separação da cápsula Starship (parte superior). A SpaceX admitiu que isso não estava programado, mas que existe sempre a possibilidade de um incidente.








Em declarações, a empresa de Elon Musk refere que:



O propulsor sofreu uma rápida desmontagem não programada logo após a separação do estágio, enquanto os motores da nave funcionaram durante alguns minutos no seu caminho para o espaço...



Com um teste como este, o sucesso vem do que aprendemos, e o teste de hoje ajudar-nos-á a melhorar a confiabilidade da Starship enquanto a SpaceX procura tornar a vida multiplanetária.


Não houve feridos ou danos à propriedade pública por conta do acidente, informou a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA). Logo após a explosão, a gestora de engenharia de qualidade da SpaceX, Katy Tice, falou na hot-staging, técnica que a empresa usou pela primeira vez.



O método prevê a ativação dos motores da cápsula enquanto ela ainda está acoplada ao propulsor. O acionar dos motores foi realizado com sucesso, mas pode ter relação com a explosão, segundo sugeriu a empresa.



Reprodutor de vídeo


00:00

00:06




Perda de contacto com nave


Cerca de 10 minutos após o lançamento, a empresa informou que perdeu contacto com a cápsula.


Perdemos os dados do segundo estágio. Achamos que podemos ter perdido o segundo estágio.

Disse o engenheiro de integração da SpaceX, John Insprucker.


A transmissão foi encerrada de seguida e, desde então, a SpaceX não deu mais detalhes sobre o voo. A expectativa da empresa era de que a Starship fizesse um trajeto de cerca de 1h30 de duração, com pouso no Oceano Pacífico.




pp
 
Topo