Página 12 de 44 Primeiro ... 211 12 1322 ... Último
  1. #166
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão 530 concorrentes de 49 nacionalidades


    A primeira edição sul-americana do Dakar será disputada por 530 equipas em representação de 49 nacionalidades diferentes, distribuídas por 230 motos, 30 quads, 182 automóveis e 82 camiões. Sem surpressa, os concorrentes europeus estão em maioria, representando quase 80 por cento do pelotão, mesmo numa edição em que estiveram sujeitos a um esforço logístico sem precedentes, a começar logo pelo embarque das respectivas viaturas a um mês da partida, no porto francês de Le Havre.

    Em todo o caso, Portugal viu o seu contingente ser drasticamente reduzido, sobretudo em compração com as últimas três edições, quando a prova arrancava de Lisboa. Assim, e após várias desistências de última hora, entre elas as de Carlos Sousa, Miguel Barbosa, Paulo Marques ou Ruben Faria, seguem viagem apenas 13 equipas (seis nos automóveis, outras seis nas motos e uma nos camiões).

    Propondo uma cobertura mediática sem precedentes, a prova será transmitida para 189 países e coberta por 80 canais de televisão, 125 jornalistas acreditados e um site oficial (disponível em quatro línguas) que em 2007 teve mais de 44 milhões de visitas.

    AS

  2. #167
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão "Será um ano marcado pela descoberta"


    Há sensivelmente um ano, em Lisboa, Etienne Lavigne foi o porta-voz da mais triste e difícil notícia dada por qualquer Organização do Dakar. Um dia antes da sua partida oficial, pilotos, equipas e jornalistas foram convocados para uma conferência de imprensa extraordinária no auditório principal do Centro Cultural de Belém.

    Alguns minutos depois do meia-dia de sexta-feira, o director do Dakar entrava cabisbaixo numa sala apinhada de gente para divulgar aquilo que já muitos adivinhavam desde a noite anterior: "Tenho uma triste notícia para vos dar: Infelizmente, o Lisboa-Dakar 2008 não arrancará. Tendo em conta as actuais situações de tensão política a nível internacional e, acima de tudo, as ameaças directas lanaçadas contra a prova, a ASO não pode tomar outra decisão que não seja a sua anulação. Peço, contudo, que acreditem que o Dakar se mantém. E marcamos já encontro para 2009".

    Pois bem, apenas alguns meses volvidos, a ASO cumpre a promessa e propõe a todos um novo e aliciante desafio, lançando o primeiro Dakar da história disputado na América do Sul. "Contrariamente ao que alguns prognosticaram, foram muitos os que responderam ao nosso apelo e decidiram descobrir este novo território", congratulou-se Etienne Lavigne. "Se o Dakar existe é, antes de mais, pelo desejo de descoberta e capacidade de adaptação ao desconhecido. Ao atravessamos o oceano em 2009, pelas razões que todos conhecem, o rali presta-se a uma nova experiência, mantendo-se, porém, fiel aos seus princípios e valores. 100 por cento Dakar é o desafio proposto pelos organizadores, sempre com uma ideia em mente: uma aventura humana, uma aventura extrema", completou Etienne Lavigne.AS

  3. #168
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Quem se estreia a vencer num diesel?


    Até hoje, nunca ninguém venceu o Dakar ao volante de um carro equipado com motor diesel... A Volkswagen bem que o tentou nas últimas edições, chegando a estar muito perto de o conseguir em 2007, quando venceu dez das 14 etapas e liderou mais de metade da prova.
    Quem se estreia a vencer num diesel? -

    Contudo, e a exemplo do que já tinha sucedido em 2006, a equipal liderada por Kris Nissen voltaria a ser surpreendida na recta final pela maior regularidade e fiabilidade dos Pajero Evolution a gasolina, imbatíveis já desde 2001...

    Agora, em 2009, a história promete ser diferente, na medida em que a Mitsubishi concretiza a sua passagem para a categoria diesel, colocando um ponto final na dinastia Pajero e estreando o Racing Lancer montado com o potente turbodiesel V6 de 3 litros. Neste contexto, é ponto assente que na América do Sul se escreverá uma página histórica na corrida dos automóveis...AAS

  4. #169
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Racing Lancer em dupla estreia


    Colocando um ponto final na longa e bem sucedida dinastia Pajero (1983 a 2003) e Pajero Evolution (2004 a 2008), a Mitsubishi concretiza no próximo Dakar a entrada na categoria diesel, onde já concorriam VW e X-Raid, e a passagem para o novo Racing Lancer, equipado com o potente V6 turbo diesel de 3 litros e estreado mundialmente na última Baja 500 Portalegre.

    Recordista de vitórias na prova (12 desde que se estreou em 1983) e imbatível já desde 2001, a marca japonesa persegue agora um primeiro e inédito triunfo de um carro com propulsor diesel, no que promete ser o maior e mais aliciante desafio alguma vez colocado à liderança de Dominique Serieys.

    Cuidosamente preparada desde Abril de 2006, esta dupla transição - de modelo e motorização - é encarada, apesar de tudo, com uma dose moderada de optimismo, quer pela maior experiência das equipas rivais na utilização deste tipo de motorização, quer também pela própria juventude deste projecto.

    Nove vezes vencedor do Dakar (seis em moto e três em automóvel) e a apenas um sucesso de igualar o histórico recorde Ari Vatanen nos automóveis, Stéphane Peterhansel é o primeiro a reconhecer isso mesmo: "É evidente que não vai ser fácil bater a concorrência logo neste primeiro ano. Em todo o caso, estamos todos muito motivados e confiantes no potencial deste novo carro e acredito que poderemos vir a surpreender pela fiabilidade, nem que para isso seja necessário sacrificar alguma performance, como, aliás, tem sido sempre a imagem de marca da Mitsubishi", analisou o francês, que voltará a ter como colegas de equipa o compatriota Luc Alphand (vencedor em 2006 e segundo em 2005 e 2007),

    O veterano japonês Hiroshi Masuoka (já com duas vitórias no seu palmarés, em 2002 e 2003) e o espanhol Joan "Nani" Roma (com um único triunfo, em 2004, mas nas duas rodas), num quarteto que se mantém inalterado já desde 2005.AS

  5. #170
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão "Defender o título"


    Director desportivo da Mitsubishi e o grande estratega da equipa, Dominique Serieys espera "nada menos do que um pódio" neste próximo Dakar, embora garantindo que "o grande objectivo é sair da América do Sul com uma vitória."

    "Investimos muito neste projecto e tudo vamos fazer para defender o título. É claro que não vai ser fácil, até porque esta será a primeira vez que competiremos num Dakar inseridos na categoria diesel. Mas após sete vitórias consecutivas, este era o momento certo para tentarmos um novo desafio", admitiu. A vitória na última Baja de Portalegre foi, como refere, "encorajadora, mas em nada se poderá comparar ao desafio que agora nos espera."

    "A experiência neste tipo de prova é vital, tal como a estratégia montada por cada equipa, pelo que estou convencido que vamos desempenhar um papel importante neste Dakar. Os nossos pilotos estão cientes disso e posso garantir que vão partir mais determinados do que nunca".AS

  6. #171
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Volkswagen no ano do tudo ou nada


    Após quatro tentativas falhadas, aí o está o ano do tudo ou nada para os "azuis" da Volkswagen, o construtor que há mais tempo persegue uma primeira vitória de um carro de motorização diesel no Dakar.

    Terceira em 2005, segunda em 2006 e... quase vencedora em 2007, a equipa liderada por Kriss Nissen viaja para a América do Sul mais determinada do que nunca em acabar com a malapata e provar todo o potencial do Race Touareg 2, cujo primeiro sucesso teve precisamente por palco a Argentina, por ocasião Por las Pampas Rally de 2005. Aliás, se os números fossem tudo, não teríamos dúvidas em afirmar que a Volkswagen parte para este Dakar como a principal favorita, contabilizando nove triunfos à geral (dois deles já este ano, na Hungria e no Brasil) e 29 pódios em 24 corridas disputadas, além de 20 vitórias em etapas do Dakar e 17 dias na liderança, tudo isto em apenas quatro anos! Por tudo isto, apetece dizer que à VW tem faltado apenas ser infalível, faltando-lhe por vezes em fiabilidade o que lhe sobra em pura performance.

    A pensar nisso mesmo, e sob o lema "evoluir, não revolucionar", a equipa deu este ano especial atenção aos detalhes, num processo de revisão meticuloso que levou os seus engenheiros a optimizar alguns pontos-chave, como a suspensão traseira, a gestão do motor em altitude (onde o ar rarafeito implica perdas de potência na ordem dos 20 por cento), a ergonomia do habitáculo e, não menos importante, o conforto e a visibilidade dos pilotos.

    E por falar em pilotos, também aqui a aposta se mantém inalterada face ao anulado Lisboa-Dakar 2008, com o quarteto oficial composto por Carlos Sainz, Giniel de Villiers, Mark Miller e Dieter Depping. Figura incontornável do automobilismo mundial, o espanhol arranca em 2009 para o seu terceiro Dakar, logo num terreno de que guarda óptimas recordações, por três vezes vencendo a etapa argentina pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis, em 1992, 2002 e 2004: "Será quase como regressar à minha segunda casa. Nunca como ali senti tanta paixão pelo desporto motorizado. Aliás, estou certo que toda a caravana vai ficar surpreendida com o entusiasmo do público local". Quanto à prova, o madrileno espera "um evento muito duro e onde ninguém poderá tirar partido de experiências anteriores. Estou convencido que este será um Dakar fantástico, e nada seria melhor para mim do que obter a primeira vitória neste terreno com a Volkswagen".AS

  7. #172
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão "Estamos em condições de vencer"


    À frente dos destinos da equipa Volkswagen Motorsport desde 2003, Kris Nissen sabe que terá nesta edição uma soberana oportunidade interromper o ciclo vitorioroso da Mitsubishi, tirando partindo da juventude dos Racing Lancer e impondo a suposta maior fiabilidade dos Race Touareg 2, restando apenas a dúvida se a VW será capaz de resistir à pressão de partir como a grande favorita.

    "Na equipa, toda a gente sabe que somos suficientes fortes para atingir esse objectivo. O Dakar está mais competitivo do que nunca, mas a verdade é que nunca estivemos tão bem preparados para enfrentar este desafio, o maior que a VW já assumiu, mesmo sendo ele na América do Sul. Mas depois de duas vitórias em três provas diputadas em 2008, pensamos que estamos em condições de vencer o Dakar", analisou o dinamarquês.

  8. #173
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Candidatura assumida na BMW


    Mais do que arbitrar o previsível e esperado duelo entre a Mitsubishi e a Volkswagen, a equipa X-Raid aborda este próximo Dakar como a prova do "tudo ou nada", assumindo que chegou a hora de assumir, sem reservas, uma candidatura à vitória na corrida dos automóveis. Face ao conhecido potencial competitivo do BMW X3 Cross Country - logo evoluído ao nível da distribuição de peso, "set-up" das suspenseões e refrigeração dos travões - e ao talento e rapidez de Nasser Al-Attiyah, bem podem partir apreensivas as poderosas equipas de fábrica.

    Sexto classificado em 2007 e ainda a caminho do seu quinto Dakar, Al-Attiyah é o piloto em quem recaem todas as esperanças da equipa fundada e dirigida por Seven Quandt. O piloto dos Emiratos Árabes Unidos protagonizou uma última temporada verdadeiramente memorável, sagrando-se duplo vencedor da Taça do Mundo de Todo-o-Terreno e Taça Internacional de Bajas, triunfando em quatro das cinco bajas em que participou.

    "Ganhar será o único resultado possível para mim. Aprendemos muito com os erros do passado e os últimos resultados falam por si", avisa o "árabe voador", chefe-de-fila de uma equipa algo desequilibrada em termos de valores, já que ao rápido e impetuoso Guerlain Chichérit se juntam, em estreia absoluta na prova e compensando as renúncias de Carlos Sousa e Miguel Barbosa, os holandeses Peter van Maksteijn, piloto e proprietário da equipa Van Merksteijn Motorsport - vencedora das 24 Horas de Le Mans, na classe LMP2, com um Porsche RS Spyder -, e Rene Kuipers, piloto de ralis no campeonato local e com algumas participações pontuais no WRC. Com estatuto de pilotos-clientes, completam ainda o "line-up" da X-Raid o argentino Orlando Terranova e o russo Leonid Novitskiy.AS

  9. #174
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão "2009 vai ser o ano da X-Raid"


    Após um ano memorável para a X-Raid, Sven Quandt não faz a coisa por menos ao antever o próximo Dakar: "Desta vez, é mesmo para ganhar. Percorremos um longo caminho, desde a estreia do X5 até à passagem para o actual X3 Cross Country. Não quisemos saltar etapas e definimos sempre os objectivos com base no conhecimento que temos da nossa equipa, dos nossos pilotos e, logicamente, também dos adversários."

    "Contudo, pensámos que atingimos agora um nível que nos permite assumir esta candidatura formal. 2009 vai ser o ano da X-Raid", assegura o alemão. De resto, numa análise às características do percurso, o mesmo responsável não tem dúvidas em considerar que "vai ser uma prova muito ao jeito dos pilotos de ralis e muito diferente ao que estávamos habituados em África. Por isso, reparto o meu favorotismo pelo Nasser (Attiyah) e pelo Carlos Sainz".AS

  10. #175
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão 27º Dakar para o Team Dessoude


    Desta vez sem portugueses incluídos na sua estrutura, o Team Dessoude prepara-se para aquele que será o seu 27º Dakar, tendo em Christian Lavieille, ao volante do Proto Dessoude 05 ex-Miguel Barbosa, o seu principal ponta-de-lança.

    Duplo vencedor do Rali dos Faraós, o francês estipula como objectivo um lugar no "top ten". Igualmente incluído na categoria T1, mas num Nissan Proto 03, estará o russo Pavel Loginov. Ao nível do T2, o estreante Fréderic Chavigny fará companhia ao experiente Jean-Pierre Strugo, já a caminho do seu 25º Dakar, ambos ao volante dos fiáveis Nissan Pathfinder.

  11. #176
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Overdrive com três carros


    A jovem e pequena estrutura dirigida por Grégoire de Mevius e Jean-Marc Fortin tem vindo a ganhar reputação, palmarés e espaço no concorrido mercado dos privados, tendo este ano garantido um duplo segundo lugar na Taça do Mundo e na Taça FIA de Bajas, respectivamente através do polaco Krzysztof Holowczyc e do russo Boris Gadasin.

    O próximo desafio está marcado para a América do Sul, onde a equipa inscreve três Pick Up animadas por um motor V6 de 4 litros e 290 cv, confiadas ao rápido Holowcyck e, em estreia, ao norueguês Erik Tollefsen e ao belga Jacky Loomans, deslocando uma estrutura de 22 pessoas.

    AS

  12. #177
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Robby Gordon promete espectáculo


    Oitavo classificado em 2007, vencendo uma etapa e secundado Jean-Louis Schlesser (um dos grandes ausentes este ano) na categoria duas rodas motrizes, Robby Gordon surge pela quarta vez num Dakar ao volante do monstruoso Hummer H3, tendo agora companheiro de equipa no Team USA o compatriota e amigo Bob Gordon, falhadas que foram as negociações com... Carlos Sousa.

    O mediático californiano mantém inalterado o objectivo de se tornar o primeiro norte-americano a vencer um Dakar, se bem que o único dado seguro é mesmo o espectáculo, oferecido por este impressionante buggy de 4,32 metros de comprimento e 2,23 de largura, equipado com um V8 de 7,0 litros de cilindrada que a General Motors desenvolveu para os Corvette que alinham nas 24 Horas de Le Mans.

    AS

  13. #178
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão KTM é a única certeza


    Ao contrário dos automóveis, onde três marcas prometem discutir o triunfo, no pelotão das duas rodas a austríaca KTM continua a não ter rival à altura, partindo tranquilamente em busca do seu oitavo triunfo consecutivo na prova. A única dúvida é mesmo saber por intermédio de que piloto...
    KTM é a única certeza -

    Mesmo numa extensa lista de 235 competidores - dos quais mais de 55 por cento estarão aos comandos de uma KTM - não é difícil encontrar dois pilotos que reunem quase o consenso geral em termos de favoritismo. De um lado, o francês Cyril Desprès, duplo vencedor da prova em 2005 e 2007 e solitário representante do Team Red Bull KTM; do outro, o espanhol Marc Coma, vencedor em 2006 e chefe-de-fila da poderosa formação da KTM Repsol.

    Adiado em 2008, o braço-de-ferro entre os dois grandes dominadores da categoria nas três últimas edições será agora retomado nas pistas da Argentina e do Chile, numa corrida que todos esperam tão ou mais emocionante que a de há dois anos, quando tudo se decidiu a apenas dois dias da chegada, após o infortúnio que se abateu sobre Marc Coma, o catalão que liderava destacado a classificação até cometer um erro de navegação e ser surpreendido por uma raiz, voando de encontro a uma árvore... e a caminho de casa. Mesmo sendo vítima de duas rupturas de caixa, Desprès voltou a ter o mérito de saber estar no sítio certo, à hora certa, repetindo o triunfo de 2005 no adeus à equipa Gauloises.

    Motivado pelo recente triunfo no UAE Desert Challenge, Cyril Desprès, 34 anos, garante estar preparado para este novo desafio: "Fechar uma temporada a vencer é sempre um bom pronúncio, constituindo, além do mais, um excelente 'warm-up' para o próximo Dakar. De qualquer forma, tudo será diferente na América do Sul, a começar pelo tipo de terreno, muito mais variado que em África, e terminar na própria paisagem, com cenários verdadeiramente incríveis". De resto, destaca ainda, "acresce outro dado novo, já que vamos rolar, pela primeira vez, em altitude, num esforço suplementar que obrigou a uma preparação física mais exigente. Mas estou optimista e a minha firme intenção é terminar a corrida no lugar cimeiro do pódio".

    Igualmente confiante mostra-se Marc Coma: "Será um novo e aliciante desafio correr na Argentina e Chile, paisagens que já conheço do Por las Pampas Rally. Para os românticos, numa será como em África, mas a dureza e tudo o que implica uma corrida no deserto manter-se-á, e isso é o mais importante. Pessoalmente, o objectivo é o mesmo de sempre: lutar pela vitória".

    "Outsiders" de luxo

    À espreita de um qualquer deslize por parte dos dois principais favoritos estarão, entre outros, o espanhol Jordi Villadoms (KTM Repsol), o francês Alain Duclos (Kaestle KTM) e o próprio Hélder Rodrigues (Lagos Team), sem esquecer ainda o ambicioso Vectra Racing Team de David Casteau e Frans Verhoeven e alguns dos principais privados do pelotão, como o norueguês Pal Anders Ullevalseter ou o chileno Francisco Lopez.

    Recordista de vitórias na prova (com nove triunfos), a Yamaha voltará a ter no francês David Frétigné o seu principal cabeça de cartaz e favorito à vitória na classificação reservada aos motores de 450cc, a par das Honda do Team Europe e das debutantes BMW do lusitano Team Bianchi Brata.AS

  14. #179
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Thierry Magnaldi de regresso


    Desaparecido dos rali-raides desde que disputou o Dakar 2006, então integrado no Team Shlessser (assinando duas vitórias em etapas), Thierry Magnaldi prepara o seu regresso à competição no próximo Dakar.

    A par de nomes como Yvan Muller, Jean Brucy ou Alfie Cox, o francês estará à partida de Buenos Aires aos comandos de um dos Buggy SMG de Philippe Gache. A seu lado nesta aventura estará o compatriota e amigo Guy Leneveu.

  15. #180
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão KTM 690 Rally ainda mais refinada


    Após três anos de desenvolvimento, a KTM 690 Rally chega à América do Sul ainda mais evoluída e refinada.
    KTM 690 Rally ainda mais refinada -

    Mantendo a sua base inalterada, a moto austríaca foi, no entanto, alvo de pequenas melhorias nos últimos meses de forma a adaptar as suas carecterísticas ao novo tipo de terreno e pistas da Argentina e do Chile.

    Como explica Alex Doriger, director desportivo da KTM, "o grande objectivo dos nossos engenheiros foi refinar a moto, tornando-a ainda mais competitiva e, sobretudo, mais fácil de guiar pelos nossos pilotos". Partindo desse pressuposto, a marca austríaca orgulha-se de ter conseguido "aumentar a sensação de leveza que é agora transmitida pela 690 Rally, graças a uma mais apurada distribuição de massas, redução do centro de gravidade e afinação da suspensão traseira".

    As últimas actualizações, permitiram, por exemplo, reduzir em oito quilos o peso total do conjunto (agora fixado em 162 quilos), o que se traduz numa maior agilidade e manobrabilidade do chassis multitubular, especialmente nas zonas mais técnicas, onde a moto oferece agora maior estabilidade e velocidade, isto apesar do motor monocilíndrico de 654cc a quatro tempos se manter inalterado.

    Devido às etapas em altitude, uma novidade neste Dakar, os engenheiros da KTM deram ainda particular atenção à carburação, procurando minimizar eventuais perdas de potência em diferentes ambientes de pressão atmoférica, nalguns casos, a 4.700 metros acima do nível do mar.AS

Página 12 de 44 Primeiro ... 211 12 1322 ... Último

Tópicos Similares

  1. Passeio todo terreno
    Por cprcosta no fórum Convívios
    Respostas: 1
    Último Post: 22-12-2013, 21:55
  2. Road Books de Todo-Terreno
    Por satteam no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 7
    Último Post: 22-12-2009, 02:05
  3. Manuais de Viaturas Todo-o-Terreno
    Por F.B.I. no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 0
    Último Post: 03-01-2009, 23:03
  4. Todo o terreno
    Por Opium® no fórum Videos
    Respostas: 1
    Último Post: 26-04-2008, 23:33
  5. Todo-o-terreno no Piódão
    Por satteam no fórum Vídeos, Fotos e Eventos
    Respostas: 0
    Último Post: 28-03-2008, 00:52

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar