• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

Americano condenado à morte no Irão

florindo

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 11, 2006
Mensagens
38,995
Gostos Recebidos
357
Americano condenado à morte no Irão


Um norte-americano foi condenado à morte por um tribunal iraniano, que deu como provada a acusação de espionagem para a CIA.

É mais uma acha na tensa fogueira diplomática entre Washington e Teerão.

As autoridades judiciárias iranianas acusavam Amir Mirzaei Hekmati, um antigo membro da Marinha dos Estados Unidos, de ter recebido treino especial e de ter trabalhado em bases militares no Iraque e no Afeganistão antes de ter ido para o Irão para trabalhar como agente secreto.

A rádio oficial daquele país não revela a data do veredicto do qual o condenado poderá recorrer num prazo de 20 dias.

O antigo tradutor militar de 28 anos nasceu no Arizona e fez o Ensino Secundário no Michigan, Estado onde o seu pai foi professor.

O pai alega que Amir Mirzaei Hekmati visitava as avós quando foi detido no Irão.

O julgamento realizou-se numa altura em que os Estados Unidos anunciaram sanções novas e mais severas em resposta ao programa nuclear do Irão. Washington acredita que por detrás do projecto energético e científico estará o desenvolvimento de tecnologia militar.

Do outro lado do Atlântico já se tinha exigido a libertação de Amir Mirzaei Hekmati, condenado por colaborar com um país hostil, pertencer à CIA e tentar acusar o Irão de envolvimento em actos terroristas.

De acordo com a Associated Press, Hekmati foi descrito pelo tribunal como um ‘mohareb’, termo islâmico que designa alguém que luta contra Deus, e um ‘mofsed’, alguém que espalha a corrupção da Terra.


AP/SOL
 
Topo